Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

voei

voei

https://www.youtube.com/watch?v=MrTehs_UNqg
14
Mar16

sem direcção

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

E rasgo o céu uma vez mais levanto voou

senão parece-me que me ia cair em cima,o mundo

E rasgo a Página mudo de livro,mudo a música

Dispo a velha roupa

Sigo novamente sem rumo ou direcção parece-me mais acertado dizer

que não do que sim

E sigo rumando a praia de sonhos

de mãos vazias

alma cansada e sem condição seja para o que for para te dar

razão, amor, compreensão

No meu voou não é permitido ver as lágrimas

e as feridas que causas-te em mim...

 

 

 

28
Set15

...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

5.jpg

 

 

pensei tanto em chamar por ti e nada feito deixei-te ir 

pensei tantas vezes em abraçar-te e o tempo passou não há abraços que te predam...

Queria desesperadamente não sentir a solidão de todas as noites estender a mão para o lado e não encontrar só a Maria,gostaria de encontrar o amor.

Por vezs nunca percisava de palavras sabia exactamente e nem percisava de ouvir ...hoje o silêncio coagula o meu sangue e não me deixa mentir...

Quis desesperadamente não te amar...hoje faz me imensa confusão não te ter

Assusta-me correr atrás e não quero este viver

Então deixo-te sempre ir no acaso das minhas palavras e ideias deixo sempre a saudade na mesinha de cabeceira

e adormeço na esperança de cativar coragem...

ou para te procurar amar ainda mais,ou simplemente esquecer-te pensei que a dualidade não doia quando percebi

que não quero mais isto para mim 

Não é pelas borboletas que me causas no estomago mas por tudo 

o que faria

para te amar.

15
Ago15

rasga a pele que há em mim

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

vai...permite-te quebrar as regras

vai sem medo do não que possas ouvir,vai rumo á lua aos pensamentos absurdos que guardo a teu respeito.

Vai sem nunca olhares para a tristeza que te vê passar,ruma a lua mas vai por mar...

Leva contigo a memória amarga e fria que depositas-te em mim,

Leva a roupa os livros nunca deixes bagagem na vida de alguém vai e promete-me que nunca dirás sequer que me amas-te,ou que me fizes-te feliz.

 leva o odor do teu perfume e deixa-me a brisa do mar,deixa-me recolher conchas,com ela.

Deixa o enigma resolvido e tudo a postos em cima da mesa...

Nunca olhes para trás...o ontem não volta e o amanhã pode não chegar...

contigo a beira mar

eu in#mundoaocontrario#2015

lost_love_by_camillathesmilie.jpg

 

27
Jul15

...solidão...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

o silencio engole a palavra que tento te sussurar

o tempo esqueceu-se de nós pensei eu... e levantei a cabeça recordei o cheiro

das rosas de estradas palmilhadas contigo,interoguei coisas que so tu me podias responder...

E angustiante o aperto que sufoca...a vontade de te dizer como me ...desiludis-te...

E percebo que acritei demasiado em alguém ...eu que nunca fui habituada a confiar.

Percebo que nada na vida faz sentido desde que perdi...o nosso sentido

as nossas gargalhadas madrugada a fora...

A tua enorme vontade de devorar a vida...?!

fazes-me falta?????!!!!

Ainda nao consegui decifrar...

E num embalo olho o céu veio o voou,paralelo a mim

e adormeço na saudade...

Que me deixas a que me sabe o amargo veneno com que eu propria me envenenei lentamente...

solidão

vão de escada

sem rimar

ausencias de mim que sinto

por ti... se errar

é humano...

desumano e cruel este meu estado mental...

debil pensar que se pode ser são

num mundo onde por vezes a razão subrepoe-se ao coração

enfraqueço e deixo de pensar...

custa-me não falar... nao pedir simplesmente ajuda mas... ajuda para que

há cura para a saudade

do que se viveu...

paguei o bilhete muito caro.

lei do retorno em acção.

 

 

20
Ago14

SEGUIR EM MARCHA

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Interrogo-me inumeras vezes sobre os caminhos que percorri

até chegar a casa,nunca pensei deixar uma marca tão profunda a minha passagem...

Mas hoje entendo que um espirito indomavel

como o meu deixa marcas tão profundas como raizes

Pergunto-me o porque desesperadamente  de Procurar por Deus

nos lugares mais inospidos

Quando ele teve sempre tao perto de mim de tanto me interrogar

e chorar partilhei tudo o que tinha...

Palmilhei muito para chegar aqui ...

Aqui cresci minha freguesia mais linda e florida Fernão Ferro

aqui me fiz gente ganhei alma ousadia  de um ser invencivel (o meu)

Domei ventos tempestades e penso inumeras vezes ter chorado lágrimas de sAngue...

Hoje já nao me culpo tanto...

Hoje ja nao procuro por voçes manos...

Limito-me a viver a pedir a Deus Saude para Criar a minha filha e não quero que olhem

para ela como olharam para mim um dia ...

Hoje agradeço SER QUEM SOU !!!

De ter sofrido tantas adversidades

Fizeram de mim um ser mais Forte

Posso não ter muitos Dentes nem um sorriso Perfeito...

E podemos já nao morar na mesma rua

Mas estou FELIZ com a minha Filha entre zangas e brigas contruimos vida

e viver nao é nada facil

Viver doi mas apreende-se a contornar tudo

Por amor a um filho tudo se cria transforma e ensina a viver

Não há amor maior sem duvida do que me une a ti Maria Ines Pereira Alves

e reconheço que nem sempre estou a tua altura

estas muito crescida Filha...

Amo-te++++++*******

e ainda amo muito o senhor teu pai Fernando Antonio Correia Alves...

Diz-que no coração ninguem manda comanda

a felicidade é muito relativa o que hoje nos faz feliz amanha pode

nos fazer desistir

Certeza nao abro mao da minha mae nem da VIDA...

 

06
Fev14

Obrigada.

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

 

 

 

 

Quando aceitamos que há pessoas que não podemos apagar nem fazer delete …

Temos de tirar dessa passagem na nossa vida o melhor o que nos trouxe de frutífero

e rasgar as mágoas como o papel gasto no tempo.

Comprar um novo caderno escrever uma nova história e acreditar…

Abri a janela como uma brutidade que me assusta

mas sempre fui assim nunca fui de meios-termos

e passo do cem,aos zero com uma frequência que até a mim me baralha.

Mas sei e sinto,

que é chegado mesmo o momento

de não baixar os braços tentar encontrar

os 80 manter a velocidade e seguir rumo as sonhos

Chega de muros de lamentações…

Tenho de apreender a falar como se um bebé se trata-se aprender a ter segurança nos passos que dou e sim

Sinto que a tua força me da força quando dizes eu acredito em ti não necessita haver amor nem amizade chega o teu voto de confiança…

Chega as migalhas para quem já teve o bolo e jogou fora…

Sinto-me sobretudo viva…

28
Nov13

Dias sem ti...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Pedi-te tantas vezes nao vás...

Mas chego a conclusão que apenas te pedi em pensamento

que nunca te pronunciei fica...

A vida tem se revelado tao madrasta deveras

e contudo afastou-nos 

Quis falar te dos meus sonhos 

Mas tu ja tinhas os teus nas estante...

Quis percorrer contigo a rua...

Mas o teu gps já tinha destino indicado.

Não se manda 

Não se escolhe

e assim se vive

se recolhe...

O mundo gira e redondo fica igual.

De tanto pensar e filosofar apenas a questão

que razao é essa que nos 

leva a cruzar ...

a embaraçar o teu destino sem te pertencer....

 

http://www.youtube.com/watch?v=nJTzjBd35wg

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D