Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

voei

voei

https://www.youtube.com/watch?v=MrTehs_UNqg
11
Dez15

Apreendi a voar sozinha...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

tumblr_mj9n1t6xDi1r031djo1_500.jpg

 

 

 Voei mesmo,cheguei perto de ti,afaguei-te a face...

Sentei-me na esperança de te dizer

o quanto o teu olhar mexe comigo, queria atravessar a tela.

E abraçar-te desalmadamente...

Mas a mente é tão traiçoeira ...

Mas acredita que a muito que já não sabia sequer o que era

"

Querer , da forma como te quero e espero pelo teu beijo

pode ser repetino pode até nem acontecer

que ja te beijei com o olhar desde o primeiro instante 

e pintas-te o meu mundo e eu vi

... cores   "

E rasgo o céu...

mesmo de noite,sem medos rumo a ti...

Não porque comande

por o que ultimamente sinto por ti não tem comando

se me irás causar dor...

terás de me dar Amor

A fasquia é demasiado elevada...

 

Não sei se mais alguma vez na vida serei visitada por esse mistério

Amor

Se for VIVE E DEIXA VIVER

 

 

 

15
Out15

se perguntarem por mim diz que ...voei

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

hqdefault.jpg

 

 

voei até ti para te abraçar...Há quanto tempo não o fazia.

Afaguei-te o cabelo,tentei não olhar-te nos olhos, certamente, te beijaria logo ali,apteceu-me cheirar-te

tocar-te e prender-te mas não foi apenas uma abraço ...

Falas-te de peito aberto, de ti da vida e admiti que para mim,o que eu estava a ouvir não me fazia entender todos os passos e trilhos que fiz para te abraçar

Como se não falassemos a mesma lingua .

quero tanto pensei eu...

Quero o desconhecido do teu olhar,quero as perguntas impertinentes que só tu fazes.

Queria poder abraçar-te,uma vez mais e que o meu abraço fosse o teu abrigo,o teu decanso o teu seguro,

lugar que encontro no teu,rasgo a folha deito no chão ainda por amarotar mais um dia de história de vida em que o sinto incompleto,sem sequencia,faltas tu...

Faltas-me sempre tu...

13
Ago15

keep smile...keep shining

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Interogavas-me vezes sem conta sobre em que pensava eu...

e eu,naquele instante so desfrutava simplesmente olhar para ti...aqueles momentos ficaram, gravados na fita do rolo da vida e quando a saudade aperta...rebobino e vejo-te a sorrir...

O SORRISO aberto para a vida para os sonhos...

Meu porto de abrigo...nos meus sonhos permaneces...

Como uma história que guardei na estante dos livros não publicados,das vontades ...que me possuem o pensamento, é mais forte que eu não consigo dominar as letras que irrompem directamente a ti...

 

12
Ago15

you and i

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Disses-te-me um dia ,mas a verdade é que esse dia, não chegou.

Disses-te que o amor existia, e eu respondi que te compreendia.

Vives-te por nós ... e agora que fazes a vida?

E agora que não a vês,crescer, não regas a tua flor és feliz?

De que serve ...!?

ter-se dinheiro na mão, e solidão no coração.

A maior decepção na vida não é desacreditarmos é terem, nos ensinado a acreditar.!

Que a humanidade, o amor,a compaixão,

a sinceridade entre os seres humanos existia e permanecia 

O errado, é chegar alguém fazer -te acreditar....

E... tu,um dia desacreditares, mesmo no seu olhar.

 

Primaveragrega.jpg

 

12
Ago15

alma

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

rasgo a pista ja não tenho medo de te encontrar 

Já te abracei...já cruzamos o céu.

Deveras não sei que tera a vida de tanto enigmático como amar-te.

E sentir na pele o calor do teu olhar 

Como não desejar o que já se amou...

Como fazer de conta que não se sente a alma quente...

quando a saudade arranca das paginas do meu livro o um,

 

último capitulo tu...

 

12
Ago15

Tertúlias de saudade... de amor...da vontade que sinto em escrever

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Embebedei-me de azul...

Acordei...perdida num mundo onde nunca achei pertencer...

Carrego pela a mão a minha filha eu que sempre disse que não queria ter

Amei o impossivel e foi impossivel vive-lo...

os cabelos brancos dão lugar a cabeleira preta que tanto afagas-te, e sinto-me só

Na tarde que caí...sinto falta das nossas tertúlias dos nossos entardeceres olhares cúplices

Vinho branco sobre a mesa com a tua morte percebi que a vida é mesmo isso

Nem tudo faz sentido...Mas sinto-te por perto.

OLHO o mundo ... tudo muda ... até eu mudei eu que  nunca te dava razão...

Se te visse agora sei que te daria o meu coração.

 

 

21
Ago14

MINHA FLOR

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Quantas mares teremos de enfrentar

até ver raiar um novo dia

uma nova atmosfera

Nem tudo são raizes perdizes

Perdidas de tempo no compasso de quem espera

Rasgas-te o céu eu limito-me a sonhar

Rasgas-te o tempo eu limitei-me a olhar

Hoje sinto-me feliz,não cheia de mim

Mas sim de quem sempre fui

Hoje lembrei-me que mais vale um dia de felecidade

Do que te ter, uma vida inteira a meu lado infeliz

Hoje resta-me dizer que irás olharpara trás, e se os homens não choram

Iras sentir o corpo cansado... o olhar triste

As naus terão partido a descoberta,

e tu terás ficado na enseada

dos sonhos perdidos

Já não tenho mágoa

nem de ti...

nem de mim...

Resta-me uma inumera força

para lutar pela minha FLOR MARIA INES,

***AMOR DE PORTUGAL***

21
Ago14

O POETA

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

E talvez tudo esteja a espera de um simples desfecho

Talvez os sonhos as pequenas moradas as enseadas

que ainda nao vimos juntos esta tudo a espera

de um breve acordar um despertar apenas para as coisas mais plenas.

Hoje lembrei-me de não chorar de sorrir mais...

Amar mais voar mais,

Hoje lembrei-me de não me lembrar mais de ti

de seguir o caminho sem ti lembrando-me apenas

que mais vida virá, mais sonhos irão acordar.

E quando menos esperares, a natureza acorda-te

O mundo desperta, na eterna descoberta de quem nunca

partiu...

O POETA abre os olhos

e FECHA o coraçao está cansado de tanta

solidão...

~Tantas~

noites mal passadas,a espera de quem nao volta mais

Resta o eco de um lamento.

Que um dia vou estar

~Sempre Perto~

´Sónia Maria Da Fonseca Pereira´

04
Fev14

noite ...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

 

 

Rasguei a noite e passei a teu lado

Ainda que te observasse a dormir imaginei o teu beijo

o teu toque o teu olhar quente no meu fugitivo...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Afaguei os caracóis aninhei-me bem a teu lado e acabei por adormecer...

Quero te demais...pensei

Tacteando traço a traço o que tinha imaginado

o sonho as palavras o sabor do beijo o calor do abraço

Quis tanto e tive tanto medo...

O medo faz parte as cicatrizes que trago, fazem parte de quem sou...

Não vou mudar por ti...mas podia transformar muita coisa reconheço...

E vejo-te partir do meu sonho...

Os primeiros raios de luz surgem no céu mais um dia distantes

Mais um dia cada um no seu mundo

Não deixo de gostar de ti...

Vou encontrar me por ai quando estiver

Pronta talvez te encontre

Por ai...

Ou perceba que a vida é deveras uma passagem

Se tive vontade de te amar devia ter amando

e não viver com a angustia

Da saudade...

02
Jan14

Pensamentos em fim de 2 day of the year

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

 

 

 

Apreendi que as memórias essas não são selectivas e quem fez parte delas...permanece na nossa memória.

Ainda que nem um olá esteja disponível neste momento se estas na minha memória já acrescentas te algo aos meu dias aos meus pensamentos a minha aprendizagem a pessoa que sou.

Nem tudo são tristezas e por incrível que pareça com o passar dos anos a memória torna-se selectiva não porque tem essa função em touchscreen mas porque a vida em si tem mistérios que esses sim ficam por revelar.

Agradeço a cada ser humano que cruzou o meu caminho e perdeu tempo comigo agradeço a quem mesmo me conhecendo me desconhece.

E chega a um ponto …um ponto em que arriscar perante o desespero é tudo …

O que mais amo neste mundo é sem dúvida o sorriso da minha filha

O que mais me da força para acreditar que tudo vai acabar sempre bem…

Vivo num mundo estranho…bem sei cheio de segredos histórias inacabados vãos de escada mas o meu sorriso e a minha vontade de triunfar …de não andar a chuva …e de te provar que sou capaz ainda vive em mim…

Triste não mais convicta …mais vivida menos idealista não tão mundo cor-de-rosa.

As pessoas essas tornam-se opcionais num mundo onde existem animais mais sinceros que pessoas torna-se difícil sobreviver quanto mais viver…

E se os loucos, são os que procuram ser felizes e não se conseguem encaixar nessa sociedade

Então é verdade estou louca e vou seguir essa loucura que me faz crer viver num mundo alentejano rodeada de natureza e beleza e ver o mundo amanhecer longe do que chamam civilização e da qual cada vez me sinto mais alheada…

Help…

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub