Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

voei

voei

https://www.youtube.com/watch?v=MrTehs_UNqg
12
Ago15

you and i

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Disses-te-me um dia ,mas a verdade é que esse dia, não chegou.

Disses-te que o amor existia, e eu respondi que te compreendia.

Vives-te por nós ... e agora que fazes a vida?

E agora que não a vês,crescer, não regas a tua flor és feliz?

De que serve ...!?

ter-se dinheiro na mão, e solidão no coração.

A maior decepção na vida não é desacreditarmos é terem, nos ensinado a acreditar.!

Que a humanidade, o amor,a compaixão,

a sinceridade entre os seres humanos existia e permanecia 

O errado, é chegar alguém fazer -te acreditar....

E... tu,um dia desacreditares, mesmo no seu olhar.

 

Primaveragrega.jpg

 

12
Ago15

alma

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

rasgo a pista ja não tenho medo de te encontrar 

Já te abracei...já cruzamos o céu.

Deveras não sei que tera a vida de tanto enigmático como amar-te.

E sentir na pele o calor do teu olhar 

Como não desejar o que já se amou...

Como fazer de conta que não se sente a alma quente...

quando a saudade arranca das paginas do meu livro o um,

 

último capitulo tu...

 

12
Ago15

Tertúlias de saudade... de amor...da vontade que sinto em escrever

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Embebedei-me de azul...

Acordei...perdida num mundo onde nunca achei pertencer...

Carrego pela a mão a minha filha eu que sempre disse que não queria ter

Amei o impossivel e foi impossivel vive-lo...

os cabelos brancos dão lugar a cabeleira preta que tanto afagas-te, e sinto-me só

Na tarde que caí...sinto falta das nossas tertúlias dos nossos entardeceres olhares cúplices

Vinho branco sobre a mesa com a tua morte percebi que a vida é mesmo isso

Nem tudo faz sentido...Mas sinto-te por perto.

OLHO o mundo ... tudo muda ... até eu mudei eu que  nunca te dava razão...

Se te visse agora sei que te daria o meu coração.

 

 

27
Jul15

...solidão...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

o silencio engole a palavra que tento te sussurar

o tempo esqueceu-se de nós pensei eu... e levantei a cabeça recordei o cheiro

das rosas de estradas palmilhadas contigo,interoguei coisas que so tu me podias responder...

E angustiante o aperto que sufoca...a vontade de te dizer como me ...desiludis-te...

E percebo que acritei demasiado em alguém ...eu que nunca fui habituada a confiar.

Percebo que nada na vida faz sentido desde que perdi...o nosso sentido

as nossas gargalhadas madrugada a fora...

A tua enorme vontade de devorar a vida...?!

fazes-me falta?????!!!!

Ainda nao consegui decifrar...

E num embalo olho o céu veio o voou,paralelo a mim

e adormeço na saudade...

Que me deixas a que me sabe o amargo veneno com que eu propria me envenenei lentamente...

solidão

vão de escada

sem rimar

ausencias de mim que sinto

por ti... se errar

é humano...

desumano e cruel este meu estado mental...

debil pensar que se pode ser são

num mundo onde por vezes a razão subrepoe-se ao coração

enfraqueço e deixo de pensar...

custa-me não falar... nao pedir simplesmente ajuda mas... ajuda para que

há cura para a saudade

do que se viveu...

paguei o bilhete muito caro.

lei do retorno em acção.

 

 

07
Jul15

saudade

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Esperei muito por este momento o de crescer,o de amadurecer

e custa-me que não estejas aqui para perceber que virei mulher...

Custa-me saber que dormes numa cama que não é a minha 

Custa-me saber  que beijas uma boca que não é a minha 

Mas fizes-te me crescer e perceber

que sair da zona de conforto não é morte mas sim liberdade

Conforta-me o sorriso da minha princesa ...

 

PS_REN~1.JPG

 

 

 

 

05
Mai15

desabafo...ás vezes...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

tumblr_lk53whbQMl1qcxieko1_500_large.jpg

 

 

Custa-me chegar  ali 

e parece que nem, de propósito é,  sempre depois do teu aniversário

que regresso a tua casa vazia de ti de ser humanos, de humanidade

Só resta o vandalismo ...

Paredes onde... ainda posso fechar os olhos, e imaginar-te a sorrir.

Enfim o primeiro de muitos dias que pertendo escrever para ti ,

Tu que nunca quises-te saber de blogs nem de colocar lá nada

Fica-me na memória a forma de como só tu eras capaz

de por vezes me fazer acreditar que neste mundo de desiguldades eu iria ter um lugar

Sinto a falta do teu colo

Só tu ...

Partis-te a muito que te dei descanso mas se não desabafar rebento

e como nos conhecemos e tu me conheces a letra e escrever é para mim a facilidade

que o estatuto não deu,ao falar...

fazes-me falta porque podia ter escutado mais

Mas só o tempo nos,ensina a escutar...

So o silêncio nos traz o espaço para,sonhar

e só te escrevo,na vontade de desabafar...

Só o crespusculo nos traria tal encontro na sombra do tempo

em que me sentava naquelas escadas contigo

Só as mares levaram a saudade...

 

17
Set14

...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Sei que ja chegas-te meu coração

eu estou cá o ano inteiro

~e sou aquilo que tu nunca foste

~para mim...

Mas fico feliz quando ela me diz sexta feira

é dia do Pai

eu nunca tive um Boa Filha...
21
Ago14

MINHA FLOR

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Quantas mares teremos de enfrentar

até ver raiar um novo dia

uma nova atmosfera

Nem tudo são raizes perdizes

Perdidas de tempo no compasso de quem espera

Rasgas-te o céu eu limito-me a sonhar

Rasgas-te o tempo eu limitei-me a olhar

Hoje sinto-me feliz,não cheia de mim

Mas sim de quem sempre fui

Hoje lembrei-me que mais vale um dia de felecidade

Do que te ter, uma vida inteira a meu lado infeliz

Hoje resta-me dizer que irás olharpara trás, e se os homens não choram

Iras sentir o corpo cansado... o olhar triste

As naus terão partido a descoberta,

e tu terás ficado na enseada

dos sonhos perdidos

Já não tenho mágoa

nem de ti...

nem de mim...

Resta-me uma inumera força

para lutar pela minha FLOR MARIA INES,

***AMOR DE PORTUGAL***

21
Ago14

O POETA

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

E talvez tudo esteja a espera de um simples desfecho

Talvez os sonhos as pequenas moradas as enseadas

que ainda nao vimos juntos esta tudo a espera

de um breve acordar um despertar apenas para as coisas mais plenas.

Hoje lembrei-me de não chorar de sorrir mais...

Amar mais voar mais,

Hoje lembrei-me de não me lembrar mais de ti

de seguir o caminho sem ti lembrando-me apenas

que mais vida virá, mais sonhos irão acordar.

E quando menos esperares, a natureza acorda-te

O mundo desperta, na eterna descoberta de quem nunca

partiu...

O POETA abre os olhos

e FECHA o coraçao está cansado de tanta

solidão...

~Tantas~

noites mal passadas,a espera de quem nao volta mais

Resta o eco de um lamento.

Que um dia vou estar

~Sempre Perto~

´Sónia Maria Da Fonseca Pereira´

20
Ago14

SEGUIR EM MARCHA

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Interrogo-me inumeras vezes sobre os caminhos que percorri

até chegar a casa,nunca pensei deixar uma marca tão profunda a minha passagem...

Mas hoje entendo que um espirito indomavel

como o meu deixa marcas tão profundas como raizes

Pergunto-me o porque desesperadamente  de Procurar por Deus

nos lugares mais inospidos

Quando ele teve sempre tao perto de mim de tanto me interrogar

e chorar partilhei tudo o que tinha...

Palmilhei muito para chegar aqui ...

Aqui cresci minha freguesia mais linda e florida Fernão Ferro

aqui me fiz gente ganhei alma ousadia  de um ser invencivel (o meu)

Domei ventos tempestades e penso inumeras vezes ter chorado lágrimas de sAngue...

Hoje já nao me culpo tanto...

Hoje ja nao procuro por voçes manos...

Limito-me a viver a pedir a Deus Saude para Criar a minha filha e não quero que olhem

para ela como olharam para mim um dia ...

Hoje agradeço SER QUEM SOU !!!

De ter sofrido tantas adversidades

Fizeram de mim um ser mais Forte

Posso não ter muitos Dentes nem um sorriso Perfeito...

E podemos já nao morar na mesma rua

Mas estou FELIZ com a minha Filha entre zangas e brigas contruimos vida

e viver nao é nada facil

Viver doi mas apreende-se a contornar tudo

Por amor a um filho tudo se cria transforma e ensina a viver

Não há amor maior sem duvida do que me une a ti Maria Ines Pereira Alves

e reconheço que nem sempre estou a tua altura

estas muito crescida Filha...

Amo-te++++++*******

e ainda amo muito o senhor teu pai Fernando Antonio Correia Alves...

Diz-que no coração ninguem manda comanda

a felicidade é muito relativa o que hoje nos faz feliz amanha pode

nos fazer desistir

Certeza nao abro mao da minha mae nem da VIDA...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub