Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

voei

voei

https://www.youtube.com/watch?v=MrTehs_UNqg
21
Fev14

...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

quis parar o tempo ...

quis, mas tudo o que quero é alcançar a minha paz...

escutar o meu coração...

neste barulho imenso,

As feridas acabam por cicatrizar e no mundo voltas a ver raios de sol

Nem tudo são facas,nem tudo são espinhos...

São feridas,que ainda doem...

Muros histórias...

versus madrugadas infinitas...

 

11
Fev14

...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

Fiquei em silêncio, quis atravessar o fio do telefone e simplesmente dizer-te

Cala-te e beija-me.

Apeteceu-me falar, a mesma língua que a tua

Apeteceu-me dizer-te e falar-te das coisas que a "pobrezinha"

Podia engradecer a tua vidinha

Mas contudo e por tudo e por nada

Quero tirar te da cabeça e não consigo...não lhe chamo paixão chamo-lhe

Curiosidade

Mas não entendo o porque de tanta faísca e conversa banal ...

o desejo contido fala alto

e sonho contigo independente se decides se ficas ou se vais

Continuas permanecendo a distância...

Onde te permiti viver um dia ...nem sei o que me deu para questionar tal condição agora ...

HÁ DIAS GR RRRRRRE

06
Fev14

Obrigada.

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

 

 

 

 

Quando aceitamos que há pessoas que não podemos apagar nem fazer delete …

Temos de tirar dessa passagem na nossa vida o melhor o que nos trouxe de frutífero

e rasgar as mágoas como o papel gasto no tempo.

Comprar um novo caderno escrever uma nova história e acreditar…

Abri a janela como uma brutidade que me assusta

mas sempre fui assim nunca fui de meios-termos

e passo do cem,aos zero com uma frequência que até a mim me baralha.

Mas sei e sinto,

que é chegado mesmo o momento

de não baixar os braços tentar encontrar

os 80 manter a velocidade e seguir rumo as sonhos

Chega de muros de lamentações…

Tenho de apreender a falar como se um bebé se trata-se aprender a ter segurança nos passos que dou e sim

Sinto que a tua força me da força quando dizes eu acredito em ti não necessita haver amor nem amizade chega o teu voto de confiança…

Chega as migalhas para quem já teve o bolo e jogou fora…

Sinto-me sobretudo viva…

04
Fev14

noite ...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

 

 

Rasguei a noite e passei a teu lado

Ainda que te observasse a dormir imaginei o teu beijo

o teu toque o teu olhar quente no meu fugitivo...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Afaguei os caracóis aninhei-me bem a teu lado e acabei por adormecer...

Quero te demais...pensei

Tacteando traço a traço o que tinha imaginado

o sonho as palavras o sabor do beijo o calor do abraço

Quis tanto e tive tanto medo...

O medo faz parte as cicatrizes que trago, fazem parte de quem sou...

Não vou mudar por ti...mas podia transformar muita coisa reconheço...

E vejo-te partir do meu sonho...

Os primeiros raios de luz surgem no céu mais um dia distantes

Mais um dia cada um no seu mundo

Não deixo de gostar de ti...

Vou encontrar me por ai quando estiver

Pronta talvez te encontre

Por ai...

Ou perceba que a vida é deveras uma passagem

Se tive vontade de te amar devia ter amando

e não viver com a angustia

Da saudade...

03
Fev14

...

Sónia Maria Da Fonseca Pereira

 

 

 

 

 

 

Quis esperar por ti

Como quem espera...por nós pelos nossos sorrisos

Pelo calor abundante da nossa casa

Pelo cheiro contido dos nossos cozinhados e sorrisos

Tão cúmplices e compartilhados.

Quis esperar a tua pele e não outra

Os teus lábios ...

Embora o tempo me passa-se ao lado sei que passou algum

Desde que Nos encontramos...

quis abraçar-te como da primeira vez, e que nesse abraço

Eu pudesse abraçar tudo o que discordava em ti...

Então....

Percebi irremediavelmente que se espera-se por ti...

Não viveria por mim...

Quis gritar quebrar a distância fazer-te perceber...

Que não podia esperar mais

Quis mostrar-te que algo deveras se tinha quebrado

Mas tu nunca entendeste

E agora?

Espero por ela... Pelo amor maior que alguma vez senti.

Espero pela prova de que o amor foi tao real

que sorri para mim, para ti (quando estás)

Perguntas-me irremediavelmente se voltei a amar

Leva tempo e as vezes não acontece.

Muitas vezes na vida das pessoas

Ou porque não queremos...

Não estamos atentos despertos

Acordados para o amor...

Por vezes a ferida foi tao grande...

Ou a beleza vivida....

Que deixamos o peito preenchido com o passado mal cicatrizado não da tempo

Não dá hora

Para esperar outro alguém...

E mesmo quando queremos mesmo.

Percebemos que a confiança foi quebrada que

a mente já não espera por nada

que os corpos são loucos e sabem a pouco

e sinto que acordo só todas as madrugadas...

 

eu (in mundo ao contrario)

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D